Blog

Como Conseguir Visualizações no seu Perfil LinkedIn

Mesmo o melhor conteúdo, muitas vezes não é ouvido.

Após horas de preparo escrevendo seu post no LinkedIn, seu post possui somente duas curtidas ao acordar no próximo dia.

Outro dia passa, e somente mais uma curtida. E depois, mais nada.

Seu conteúdo carece de engajamento, pois o dever de casa de otimização ainda não foi feito.

Isso é o que acontece em 90% dos casos em que tentamos crescer nossas marcas pessoais sem conhecermos o mercado de conteúdo. É a maior causa da perda de tempo no marketing pessoal.

Vamos mostrar neste artigo como você também pode ter um conteúdo com centenas de curtidas e ser ouvido pelos seguidores e futuros empregadores.

1. Mantenha seus parágrafos curtos.

As pessoas conseguem ler pequenos parágrafos de maneira muito mais fácil. Além disso, a maior parte está lendo seu conteúdo no celular, onde o espaço para parágrafos grandes é reduzido.

Mantenha cada parágrafo em uma ou duas frases. No máximo, três.

2. Mantenha os links foras dos seus posts.

Coloque-os invés disso no primeiro comentário. Além de evitar que o LinkedIn limite seu alcance, seus leitores irão agradecer um conteúdo livre de propaganda.

3. Escreva atualizações de status longas invés de artigos LinkedIn.

Atualizações de status recebem mais tração no LinkedIn.

Sem contar que seu limite de 250-300 palavras, irá ajudar a manter seu conteúdo mais mastigável e coeso.

Vamos reforçar aqui a importância de começar de maneira interessante. Só isso fará com que a pessoa fare de rolar o feed e parar no seu post. Surpreenda.

4. Reaja a todos seus comentários.

Mais conversas ocorrem dentro dos comentários, mais feeds irão mostrar seu post.

Não é necessário muitas vezes dizer muito, às vezes um emoji ou um comentário interessante irá satisfazer seu interlocutor e melhorar e muito seu engajamento.

5. Copie os posts que você gosta.

Veja ao seu redor os perfis que possuem maior engajamento e identifique qual tipo de história eles contam. Você não possui uma história parecida a contar?

Vemos abaixo alguns modelos:

  • Listas: Compartilhe suas ferramentas e livros favoritos com seus seguidores.
  • Histórias de fracasso: Compartilhe uma história de superação ou fracasso mesmo que tenha ocorrido com você no trabalho. As pessoas irão querer saber como você cresceu como pessoa após o fato.
  • Pergunte a opinião de seus seguidores sobre uma área que você está entrando, alguma ferramenta ou material que possam te passar. Os comentários irão bombar!

6. Seja ativo na comunidade.

Sempre que você comenta, seus comentários e o post atrelado aparecem no feed de suas conexões primárias no LinkedIn. Muitos não sabem disso, mas quando você comenta, é quase um mini post.

Lembre-se de que visibilidade leva sempre à oportunidade. Seja sempre top of mind em sua rede.

LinkedIn deve ser tratado como uma rede social, não somente como uma página estática para seu currículo. Participe das discussões e mantenha sua rede informada do que você está fazendo em seu trabalho.

Novos projetos (não confidenciais, claro), novos programas ou planilhas, ou até novos padrões da empresa. Oportunidades para mostrar ao mundo seu trabalho e opiniões são muitas.

Lucas, ainda não consigo engajar minha rede.

O IFG está com inscrições abertas para nosso curso de LinkedIn UP, um workshop mostrando como turbinar sua carreira. Corra, inscrições estão esgotando no Sympla!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *